Novas tecnologias e consumo: quais os impactos dessa relação?

novas tecnologias e consumo
6 minutos para ler

O desenvolvimento tecnológico permitiu mudanças em vários setores da economia. Hoje, por exemplo, é possível desfrutar das comodidades oferecidas pela chamada contabilidade 4.0. Também, foi possível observar mudanças com o binômio novas tecnologias e consumo. Essa relação se engloba nos princípios de praticidade, agilidade e segurança. O consumidor atual é muito mais informado e está mais preparado para comparar diferentes produtos e serviços.

Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe este texto e conheça como a transformação digital alterou o modo de consumir. Também, veja como as empresas podem se adaptar a esse novo cenário. Confira!

Como a transformação digital mudou o comportamento do consumidor?

A internet, o uso de dispositivos móveis e outras transformações digitais revolucionaram o modo como o acesso às informações e a realização de compras são feitas hoje em dia. Em tempos atrás, o consumidor era obrigado a buscar o produto ou o serviço diretamente na loja. Hoje, com apenas alguns cliques, ele consegue definir qual é a melhor opção de compra e, até mesmo, já fechar negócio. Contudo, essas não são as únicas modificações existentes. Vamos conhecer outras a seguir.

Buscar por soluções na internet

Hoje em dia, o consumidor tem mais autonomia para buscar respostas para os seus problemas. É possível encontrar uma informação simplesmente acessando a internet. Em blogs e vídeos voltados para diversos conteúdos, é possível que o consumidor encontre soluções para seus problemas. Assim, ele tem buscado esses meios para procurar soluções e encontrar produtos.

Comparar marcas para avaliar qual é a melhor

Se no passado era necessário ir loja por loja para verificar os preços e as condições de pagamento, agora tudo está mais fácil. Sem mesmo precisar sair de casa, o consumidor consegue ter acesso a informações reais sobre produtos ou serviços. Inclusive, existem sites especializados que fazem a comparação de preços e demonstram a evolução desses em determinado período.

Nesse sentido, o consumidor atual avalia itens com muito mais detalhe, por exemplo, considerando a qualidade, durabilidade, inclusive o grau de satisfação de outros consumidores. Dessa forma, a decisão de compra do consumidor é cada vez mais complexa e repleta de informações.

Comprar sem burocracia

Processos mais demorados e complicados para finalizar uma compra geralmente são considerados desestimulantes para o consumidor atual. Isso porque, com a facilidade de acesso a dispositivos móveis e a internet, o consumidor está adaptado a processos mais ágeis e menos burocráticos. Dessa forma, o consumidor vai dar atenção àquelas lojas que oferecem o processo de compra mais simplificado.

Ter interesse pelas tendências

O consumidor atual quer ser o primeiro a experimentar as tendências. Todos os dias são lançados novos produtos ou serviços e o cliente não quer esperar até amanhã para desfrutá-los. Não à toa, na véspera de lançamento de produtos inovadores, como os celulares da Apple, as filas ficam enormes e são formadas com antecedência.

Prezar por segurança na compra

Em tempos atrás, as compras eram feitas por pagamento de cartão de crédito ou dinheiro diretamente na loja. Hoje em dia, com a presença de cartões virtuais, é possível fazer pagamentos no próprio celular. Com essa evolução, veio também a preocupação em relação à segurança dos dados. Os clientes não querem enfrentar problemas como cobrança indevida ou cartões clonados. Na hora de finalizar uma compra, o consumidor atual quer que todos os seus dados sejam registrados de forma segura.

Como as empresas podem se preparar?

As mudanças que as novas tecnologias fazem no consumo não são passageiras. Aliás, elas tendem a aumentar. Para que as empresas não percam oportunidades de vendas, essas precisam se adaptar. A seguir, algumas recomendações.

Oferecer conteúdo na internet

O consumidor tem buscado soluções na internet. Nesse sentido, as empresas devem aproveitar essa oportunidade e demonstrar presença na rede. É o caso de oferecer blogs com informações ricas que respondam os questionamentos dos consumidores. Dessa forma, a empresa se coloca como autoridade na internet em determinado segmento e ganha confiança dos clientes. Além disso, o blog serve de ponte para que o cliente acesse a loja virtual ou o site da empresa. 

Moderar as propagandas

Há um tempo, a maneira mais rápida de atingir o cliente era por meio de propagandas. Hoje em dia, essa prática tem que ser usada com cuidado. Isso porque o consumidor já é bombardeado por muitas informações e, portanto, ele vai achar desagradável receber alguma propaganda. 

Assim, o mais adequado seria divulgar o negócio de uma maneira menos intrusiva. Isso quer dizer adotar ações de marketing digital que sejam atreladas ao cotidiano do consumidor. Por exemplo, divulgação da marca com influenciadores nas redes sociais. 

Garantir o processo de compra mais simplificado

Como vimos, o consumidor costuma dar preferência a lojas que ofereçam uma experiência de compra mais ágil e agradável. Nesse sentido, as empresas devem se preocupar com a apresentação e a estrutura do site, deixando mais atrativo e com o carregamento das páginas mais rápido. Por exemplo, o site com design responsivo, otimizado para dispositivos móveis, é capaz de oferecer uma boa experiência de nada navegabilidade. Sendo assim, o cliente fica mais disposto a comprar. 

Oferecer novidades

O consumidor moderno não quer ficar para trás a respeito das novidades. Nesse sentido as empresas devem estar cada vez mais atualizadas. É sempre importante pensar em aprimoramento dos produtos e serviços e anunciar o lançamento deles. O consumidor tem que compreender que a empresa está em constante evolução e muito contente em lançar uma nova proposta ou tendência.

Garantir a compra segura

Se o cliente entra no site e percebe que ele não passa confiabilidade em relação às compras, provavelmente, ele vai desistir. Nesse sentido, é importante que as empresas tenham sites que ofereçam certificados de segurança verificáveis, os quais atestam a integridade das operações. Também, é importante que o site deixe claro para o cliente que ele terá o dinheiro de volta se alguma etapa do processo de compra não der certo. Ou então, devolver o dinheiro caso o produto não satisfaça as necessidades esperadas. 

Essas foram algumas informações sobre novas tecnologias e consumo. Para entender todos esses processos que viabilizam mudanças no consumidor, é importante buscar uma consultoria contábil. Esse tipo de ajuda especializada permite estruturar a empresa para fazer as mudanças necessárias de acordo com as novas demandas tecnológicas. 

Quer ficar por dentro de outros assuntos como esse? Siga a nossa página no Facebook e no Linkedin.

CTA Contato
Você também pode gostar

Deixe um comentário