Entenda a importância do planejamento tributário empresarial

Por causa da complexidade da carga tributária no Brasil e dos diferentes tipos de regime tributário disponíveis, muito empreendedores ficam com várias dúvidas em relação ao cumprimento das obrigações fiscais. Por este motivo, contar com o planejamento tributário empresarial é essencial.

Muitas vezes o planejamento não tem a importância que deveria, afinal, muitos não sabem dos inúmeros benefícios em elaborá-lo, por exemplo, cumprimento e regularidade conforme a lei, evitando a aplicação de sanções pesadas, redução dos custos, recolhimento devido dos impostos, melhoria dos resultados, entre outros.

Pensando nisso, elaboramos este texto para que você entenda os principais pontos sobre o planejamento tributário e suas principais vantagens. Confira!

O que é o planejamento tributário empresarial?

O planejamento tributário empresarial é o gerenciamento relativo ao pagamento de tributos de uma empresa, por meio do estudo de formas para minimizar legalmente a carga tributária e do controle do cumprimento organizado das obrigações fiscais.

É preciso estar atento para não confundir essa prática com a sonegação fiscal, considerando que planejar é definir, entre duas ou mais opções legais, aquela que gera um menor custo tributário. Assim, o responsável pela tomada de decisão da companhia precisa compreender as limitações dispostas na legislação, os tipos de tributação e projetar as ações de atuação no planejamento.

Quais os objetivos do planejamento tributário empresarial?

O objetivo do planejamento tributário empresarial é reduzir os gastos da empresa, por meio da diminuição de tributos pagos e valores que recaem sobre o negócio de forma legal, garantindo sua competitividade no mercado.

Para isso, é preciso ter três itens como base:

  • evitar a incidência do imposto, por meio da adoção de procedimentos que impeçam a ocorrência do fato gerador do tributo;
  • reduzir a quantia total a ser recolhida, depois de uma análise minuciosa de cada impostos pago, projetando ações para diminuir as taxas;
  • postergar o pagamento, já que existem medidas que possibilitam retardar o pagamento dos tributos sem a incidência de multas, muito utilizado quando a empresa está com pouco capital de giro.

Qual a importância do planejamento tributário empresarial?

Não há dúvidas sobre a importância do planejamento tributário para o negócio. Entenda os motivos a seguir:

  • a redução dos valores pagos em tributos gera um aumento da competitividade e lucratividade da empresa;
  • chega um momento que a companhia não sabe onde minimizar suas despesas sem prejudicar a qualidade do produto e dos serviços prestados, e a grande oportunidade é buscar isso na questão tributária;
  • existem tributos que precisam ser pagos, mas que não são obrigatórios em certos momentos. Por meio do planejamento é possível descobrir se existem algum desses sendo pago pela organização;
  • auxilia no controle do fluxo de caixa;
  • é uma maneira de cuidar da empresa, contribuindo para o seu crescimento sustentável;
  • pode ser feito por qualquer empresa que deseja entender a melhor forma de pagar os seus impostos.

Quais os benefícios de um planejamento tributário empresarial?

Após entender sua importância, conheça as principais vantagens de um planejamento tributário para a companhia.

Diminui os custos do negócio

Como já foi dito, o planejamento tributário empresarial tem como finalidade diminuir o pagamento dos impostos pela projeção de um plano em conformidade com a legislação vigente, que é feito por meio de um estudo do histórico tributário e financeiro.

Aumenta a competitividade

Considerando que o planejamento possibilita a redução dos custos envolvidos na empresa, recursos ficarão disponíveis para serem aplicados nas operações. Dessa forma, é possível aumentar a competitividade no mercado e se destacar entre os concorrentes.

Evita a aplicação de penalidades

O detalhamento da realidade tributária de um negócio propicia o conhecimento de todas as suas transações, erros e acertos. Assim, fica mais fácil avaliar a saúde da organização e se as ações realizadas estão em conformidade com a lei.

Nesse cenário, ele viabiliza uma atuação preventiva, já que evita a falta de recolhimento ou o descumprimento de obrigações fiscais, gerando menos ocorrências de desobediência às normas originárias de erros e sua penalização por meio de multas.

Auxilia na definição do melhor regime tributário

A instituição pode optar por três tipos de regime tributário: lucro real, lucro presumido e Simples Nacional, que regerá por todo o ano fiscal. O planejamento tributário consegue prever situações e fazer projeções mais precisas, sendo o melhor recurso para que o negócio consiga definir a opção mais adequada.

Isso porque a situação da organização pode mudar de maneira periódica e, consequentemente, ela deverá recolher somente os tributos necessários para o exercício de suas atividades.

Elabora um calendário tributário eficaz

Profissionais qualificados são capazes de criar um bom planejamento tributário e estabelecer, junto ao empreendedor, as melhores datas para recolher os impostos. Aqui, o objetivo é manter o saldo do caixa da empresa positivo.

Estipula de forma adequada a atividade econômica realizada pelo negócio

Alguns tributos são calculados com base na atividade economia desenvolvida pela instituição. Por isso, é fundamental que ela seja registrada de forma precisa e correta, com o fito de gerar economia para o empreendedor.

O mecanismo que propicia essa adequação da atividade é o planejamento tributário, tendo em vista que os profissionais responsáveis saberão indicar a identificação mais apropriada a fim de evitar prejuízos.

Realiza o orçamento anual

Uma gestão tributária eficaz necessita de dados recentes e análises detalhadas, e o planejamento usa esses elementos para fazer uma previsão precisa para o futuro do negócio no que se refere a ganhos e gastos.

Assim, ele permite a realização de um orçamento anual mais próximo da realidade da empresa, evitando gastos desnecessários e investimentos ineficazes.

Estuda o possível aproveitamento de incentivos fiscais

O planejamento permite que os empreendedores e gestores tenham uma visão mais ampla do negócio e conheçam minuciosamente os processos que podem ser otimizados ou eliminados, com a finalidade de aproveitar dos benefícios oferecidos pela lei.

Analisa os possíveis cenários que a companhia pode enfrentar

Qualquer empresa tem seus momentos de altos e baixos, já que qualquer atividade depende do cenário econômico atual. Para evitar maiores problemas, é preciso estar preparado para qualquer situação.

Ao fazer o planejamento, é possível conhecer os riscos e o que pode acontecer futuramente, além de realizar simulações tributárias e prever as melhores ações a serem tomadas.

Como fazer o planejamento tributário empresarial?

Para fazer o planejamento tributário, é preciso contar com o auxílio de um contador ou de um escritório de contabilidade.

Independentemente se o trabalho seja feito por funcionários internos ou profissionais terceirizados, o contador precisa ter contato direto com os empreendedores e gestores para que os objetivos estejam bem alinhados. Além disso, é preciso que esse profissional seja de confiança e que tenha ética e responsabilidade.

Escolhido o responsável por elaborar o planejamento tributário, é necessário conversar e contar tudo que está ocorrendo na empresa, não deixando qualquer tipo de dúvidas. Então, ele vai ajudar a entender se o negócio está enquadrado no regime tributário correto.

Em seguida, enumere o que é mais importante, afinal, é primordial que ele tenha uma visão clara sobre a real situação da companhia e quais atitudes precisam ser tomadas para que o negócio possa se desenvolver.

Por que contar com uma empresa especializada?

Para elaborar um planejamento tributário com perfeição, uma boa ideia é contratar uma empresa especializada que poderá ajudar nas tomadas de decisões e nas análises de mercado para o crescimento da organização.

Além disso, vai propiciar vários benefícios, como o foco na resolução do problema, experiência para atuar nos diferentes ramos — permitindo uma comparação com a realidade de outros negócios —, decisões racionais por não ter qualquer tipo de vínculo e neutralidade nos relatórios e propostas de soluções.

Com um bom planejamento tributário empresarial, é possível reduzir custos por meio do controle de pagamento dos impostos, conhecer com mais exatidão os riscos inerentes à empresa e se manter preparado para qualquer situação inesperada que possa acontecer no futuro. Para isso, é preciso contar com profissionais qualificados, que vão orientar e ajudar para que o negócio alcance os resultados esperados.

Deseja ter um planejamento tributário adequado para a organização? Entre em contato com a gente e veja como podemos ajudar!

Sem Comentários