Capital de giro líquido: o que é e como calcular o seu

Capital de giro líquido
6 minutos para ler

As organizações precisam de capital para se manter em funcionamento e expandir seus negócios. Sendo a quantidade de capital que uma empresa tem um grande indicador da sua saúde financeira. Assim, o capital de giro é dividido em duas categorias: líquido e bruto.

O fato é que manter um negócio funcionando requer um bom planejamento. Por isso, empresários analisam formas de auxiliá-los nessa tarefa. Compreender bem sobre o capital de giro líquido é um exemplo dessa procura.

Você sabe o que é capital de giro líquido? Neste post explicaremos o que ele significa e como calculá-lo. Confira!

O que é capital de giro líquido?

O capital de giro líquido representa o caixa e outros ativos circulantes — após cobrir os passivos — que uma empresa deve investir para operar e expandir seus negócios. Em outras palavras, representa os fundos que uma entidade tem para cobrir obrigações de curto prazo, como folha de pagamento, aluguel e contas de serviços públicos.

Muitas pessoas usam o capital de giro líquido como uma métrica financeira para medir a posição de caixa e a liquidez operacional de uma empresa. Consiste na soma de todos os ativos e passivos circulantes. O capital de giro líquido mede a liquidez de curto prazo de uma organização e também pode indicar a capacidade da administração da empresa de utilizar os ativos de maneira eficiente.

A quantidade de capital de giro líquido que uma empresa tem disponível pode ser usada para determinar se o negócio pode crescer rapidamente. Por outro lado, se a empresa tiver poucas reservas de caixa, é altamente improvável que ela tenha os recursos necessários para lidar com um crescimento acelerado.

A administração, os fornecedores e os credores gerais observam o capital de giro líquido de uma empresa porque ele fornece um instantâneo da liquidez de curto prazo da empresa e da capacidade de pagar seu passivo circulante com seu ativo circulante.

Qual a diferença entre capital de giro líquido e capital de giro?

Como vimos, o capital de giro é a união de todos os ativos circulantes de uma companhia, já o capital de giro líquido (CGL) é o ativo circulante (AC) em excesso com relação ao passivo circulante (PC). Assim, o que realmente é considerado pelos investidores é o capital de giro líquido, devido ao fato de ter ligação com os lucros e os riscos que uma empresa corre.

Logo, fica óbvio que o capital de giro mostra somente o capital que uma organização investiu no ativo circulante. Não considera o passivo da empresa e, por isso, não é um bom indicador da saúde financeira de uma companhia. Em contrapartida, o capital de giro líquido representando a subtração entre o ativo circulante e o passivo circulante, mostra a eficiência operacional e a capacidade de fechar negócios.

Em suma, o capital de giro bruto é o total de todos os ativos circulantes e não é muito significativo para os investidores. Já o capital de giro líquido é o excesso do ativo circulante sobre o passivo circulante de uma empresa, por isso, é um importante indicador da saúde financeira da empresa.

Qual a importância do capital de giro líquido para a empresa?

O fato é que a maior finalidade de um negócio é conceder lucro aos seus investidores. Por essa razão, uma organização que não é capaz de quitar as contas necessárias para seu funcionamento, não será vista como um bom investimento. Em muitos casos, há uma demanda pelo produto ou serviço comercializado, mas como os administradores não estudam os números da empresa com atenção, eles tomam decisões financeiras erradas.

Uma organização necessita de capital de giro para conseguir operar e um empreendedor deve saber o valor do capital de giro líquido para entender a capacidade de endividamento do negócio. Afinal, isso determinará a direção dos investimentos, influenciará as negociações com fornecedores e revelará a liquidez de ativos da empresa.

O que significa o capital de giro líquido positivo e negativo?

Caso o valor do capital circulante líquido seja positivo, isso quer dizer que os fundos de curto prazo que estão disponíveis no ativo circulante são adequados para quitar os passivos circulantes à medida que eles vencem. A situação mais recomendada é ter um número maior de ativos circulantes que de passivos circulantes e, portanto, ter um saldo de capital de giro líquido positivo.

Se uma empresa tem um valor de capital de giro líquido negativo, ela não tem os ativos para pagar suas dívidas. As empresas que enfrentam um capital de giro líquido negativo podem precisar de investimentos, cortar custos ou aumentar os preços.

O fato é que um capital de giro líquido negativo indica que a organização luta para pagar os custos. Períodos prolongados de capital circulante líquido negativo podem levar ao encerramento do negócio e liquidação de ativos para pagar os credores.

Como calcular o capital de giro líquido?

Para calcular o capital de giro líquido de uma empresa, use o balanço patrimonial para encontrar os ativos e passivos circulantes. Combinados, esses dois números fornecem o capital de giro líquido. Como passivos são valores devidos por uma empresa, isso geralmente é expresso como uma equação de subtração.

Logo, o capital de giro líquido é definido pela fórmula:

Capital de giro líquido = Ativo circulante – Passivo circulante.

Assim, os ativos circulantes são tudo o que será, em até um ano, transformado em caixa. Em contrapartida, os passivos circulantes são as contas que deverão ser quitadas em até um ano. Assim, é preciso utilizar a necessidade de capital de giro, a fim de saber a quantidade de capital necessária para o funcionamento da organização.

Como vimos, o capital de giro líquido pode ser utilizado também para averiguar a capacidade de crescimento de um negócio. Caso o negócio tenha um montante considerável em caixa, pode apresentar caixa suficiente para aumentar mais rapidamente o negócio. Em contrapartida, com um capital de giro menor fica mais difícil para uma empresa conseguir meios financeiros suficientes para acelerar seu crescimento.

Agora, aproveite e assine a nossa newsletter para receber nossas atualizações em seu e-mail!

CTA Contato
Você também pode gostar

Deixe um comentário