Profissionais de qualquer ramo precisam se manter constantemente atualizados quanto às mudanças de seu mercado para garantir o seu futuro. Conhecer as tendências da contabilidade é fundamental tanto para o contador quanto para as empresas que desejam aproveitar tudo que esse setor tem a oferecer.

São vários os aspectos que alteram os rumos que o mercado toma  as necessidades dos consumidores se alteram, as metodologias de marketing se alteram, as empresas modificam sua composição e exigem profissionais com foco e profissionalização diferenciada, surgem novas tecnologias, entre outros.

A contabilidade também sofre influência de tais mudanças, pois passa a utilizar novas ferramentas tecnológicas, direcionando seus conhecimentos e serviços para atender as necessidades das empresas em suas realidades.

Essas ações são chamadas de tendências e representam movimentos que direcionam o caminho da contabilidade de forma generalizada, consistindo na evolução natural da profissão. Atualmente, já é possível antever 7 das tendências da ciência contábil que ditarão esse mercado nos próximos anos. Entenda cada uma delas nos tópicos abaixo!

1. Profissionais multitarefas

Para muitos administradores mais conservadores, os contadores são agentes especializados para lidar com questões puramente burocráticas, como a realização de cálculos e a apuração de tributos.

Porém, esses profissionais estão, cada vez mais, indo além e acumulando conhecimentos sobre gestão e negócios, adquirindo capacidade de aprimorar a administração tanto de grandes quanto de pequenas empresas.

Grandes empresas

Essas são organizações com diferentes setores, intenso fluxo de pessoas, elevado número de vendas e movimentação de recursos. Isso torna um controle rígido e eficiente de suas contas fundamental para manter suas operações.

Profissionais contábeis multitarefas são capazes de satisfazer todas as necessidades ao terem conhecimentos de gestão empresarial, pesquisa, auditoria, conhecimentos fiscais, negociação, comunicação, entre outros. Suas oportunidades envolvem cargos relevantes, como gerente financeiro, analista de controladoria, analista fiscal etc.

Pequenas empresas

Nessa categoria, estão inclusas as microempresas (ME), empresas de pequeno porte (EPP), normalmente optantes pelo Simples Nacional, e os microempreendedores individuais (MEI), que podem se constituir de consultórios, escritórios ou pequenos comércios.

Os administradores dessas organizações não têm experiências no mercado e acabam por cometer erros que podem ser fatais para o negócio. Os contadores multitarefas auxiliarão as empresas a se modernizar, adequando-se aos módulos do SPED, como o eSocial, emitindo corretamente notas fiscais e de serviços.

Eles também apresentarão planejamentos e técnicas de gestão que auxiliarão os administradores na tomada de decisões mais benéficas para o futuro do negócio. Isso evita que o empreendedor cometa erros comuns de quem está iniciando no mundo corporativo, maximizando suas chances de sucesso.

2. Uso de CRM

Customer Relationship Management (CRM), ou Gestão de Relacionamento com o Cliente, consiste em um software que aprimora a relação entre o cliente e a empresa de contabilidade contratada.

O programa mantém um banco de dados sobre as informações do cliente e um histórico minuciosamente detalhado de todas as interações entre as partes, incluindo serviços prestados, trocas de e-mail, ligações telefônicas etc.

Ao estudar esses dados, a empresa de contabilidade conseguirá personalizar sua prestação de serviços e o atendimento para cada cliente, sempre fornecendo experiências cada vez melhores para os contratantes.

3. Utilização de dados na nuvem

Existem várias ferramentas que aumentam a eficácia da prestação de serviços dos contadores. Uma delas é o armazenamento de dados em nuvem, também chamado de cloud computing.

Essa tecnologia consiste em utilizar servidores de terceiros para guardar seus dados, bastando ter um dispositivo e conexão à Internet para acessá-los, eliminando a necessidade de a empresa ter que adquirir seus próprios servidores. Os principais benefícios dessa inovação são:

  • dados podem ser enviados, acessados e editados de qualquer lugar, possibilitando trabalhar a distância;
  • possibilidade de trabalhar em home office;
  • geração de economia para as finanças da entidade;
  • graças à economia, contadores podem fornecer serviços mais acessíveis;
  • garantia de maior segurança contra eventos que podem danificar servidores, como desastres naturais (enchentes, por exemplo) e acidentes;
  • redução da probabilidade de roubos e furtos de dados;
  • possibilidade de realizar backups automáticos;
  • redução drástica do tempo de atividades manuais, com a possibilidade de integração de dados entre a empresa contratante e a de contabilidade.

4. Integração de dados

A integração de dados compreende a unificação de todas as informações entre a empresa contratante e seu setor contábil. Os dados são compartilhados em tempo real, portanto, todas as alterações na empresa são automaticamente processadas pela plataforma da companhia de contabilidade.

Isso minimiza os trabalhos burocráticos, pois o cumprimento de obrigações fiscais (como emissão de notas fiscais) e a elaboração de demonstrativos e relatórios contábeis ou financeiros serão feitos automaticamente. Como tudo será executado por um processador, elimina-se eventuais retrabalhos, erros de cálculos, digitação e de padronização, como também todos os arquivos serão organizados automaticamente.

A produtividade dos contadores será maximizada, a prestação de serviço se tornará mais ágil e os profissionais do ramo poderão concentrar seus esforços na contabilidade gerencial, que consiste em atividades com foco na gestão do negócio, como projeções de orçamentos, planejamentos, cálculo do ponto de equilíbrio etc.

5. Assessoria contábil

A assessoria contábil é o ato de analisar as informações mais relevantes da empresa e gerar relatórios que são úteis para a tomada de decisões a respeito de questões econômicas. O serviço não inclui apenas a parte contábil da organização, mas também a fiscal, previdenciária e trabalhista.

Esse serviço pode ser útil na decisão do enquadramento fiscal da entidade (o regime de tributação mais adequado), na tomada de decisões em negócios e no aumento da eficiência na administração financeira.

Os contadores também fornecem uma visão externa do negócio, sem vícios, ideias preconcebidas ou ilusões que podem levar às decisões prejudiciais. Essa é uma tendência relevante ao fazer com que a empresa acompanhe as mudanças do mercado e esteja preparada para o futuro.

A assessoria de bons profissionais fará com que a organização implemente as tecnologias mais modernas e esteja sempre atualizada em relação às novidades da legislação, como o SPED, produzindo na mesma eficiência e qualidade que seus concorrentes de mercado.

6. Reuniões online

As tecnologias de ponta e uma Internet veloz e estável se tornaram bastante acessíveis, tornando a realização de videoconferências em tempo real excepcionalmente fácil, utilizando determinados programas, como Skype, Google Hangouts ou Zoom.

O empreendedor e o setor contábil podem aproveitar essa tecnologia para realizar reuniões online. A vantagem reside no fato de que não é necessário se deslocar até a empresa ou o escritório para trocar informações.

Alguns contadores e administradores ainda são resistentes a essas mudanças, porém, elas consistem em uma forma produtiva de trocar as informações, pois eliminam custos com viagem e diminuem o tempo necessário para as reuniões. Além disso, é possível gravá-las para posteriores consultas.

7. Segmentação do serviço e acompanhamento da nova realidade das empresas

Pode ser bastante difícil para os contadores atender a todos os modelos de negócios, pois eles utilizam estratégias diferentes. Ademais, a legislação aplica regras fiscais e tributárias diferenciadas para empresas de ramos e tamanhos variados.

A tendência consiste na determinação do segmento do mercado em que a empresa contábil pretende atuar, estabelecendo o ramo e o tamanho da organização, aumentando a qualidade do serviço.

Os dados do Sebrae evidenciam que surgiram mais de um milhão de MEIs no ano de 2017  também se presume que haja um crescimento similar em 2018. Esse é um dos mercados mais promissores para as empresas de contabilidade, e as que adaptarem seus serviços para atendê-lo conseguirão se desenvolver rapidamente.

Estudar o mercado também permitirá que os profissionais auxiliem as grandes empresas na manutenção da competitividade perante a nova realidade do segmento.

As tendências da contabilidade envolvem adoção de tecnologias que aprimoram o serviço prestado e de novas estratégias para aumentar a qualidade da operação. Portanto, as opções apresentadas neste tópico garantirão vantagens tanto para o empresário quanto para o contador.

Gostou do post? Assine nossa newsletter para receber novidades diretamente em seu e-mail, é gratuito!

Sem Comentários